Estudos B Tendências

Economia B lança estudo sobre o papel das empresas na urgência climática

Estudo B 1 – Como criar e executar uma agenda climática

A série Estudos B surge para aprofundar temas relevantes e apresentar caminhos para pessoas e empresas preocupadas com o impacto que geram no mundo. Na edição #1, revelamos as tendências que apontam para um futuro carbono zero e contamos histórias de empresas que possuem uma agenda climática forte e inspiradora

O que há poucos anos era um debate restrito aos vanguardistas dos estudos climáticos e a uma ou outra empresa à frente do seu tempo, hoje se tornou um elemento central na estratégia de marcas conectadas com a realidade e de olho no futuro.

Ainda que a crise climática venha sendo alertada há décadas pela comunidade científica, foi apenas nos últimos anos que a ideia de que o modelo econômico atual é insustentável e está colapsando a vida na Terra começou a ser notada pelo mercado.

A agenda de atender aos interesses do acionista, custe o que custar, está em xeque. Com a sopa de letrinhas do ESG passando a guiar o fluxo de investimentos, as mudanças começam a caminhar.

A urgência climática está mudando as regras do jogo

Faltando menos de 10 anos para o simbólico (mas nem tanto) ano de 2030, ainda há muito a ser feito para que os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 sejam atingidos. A busca por justiça climática é o desafio do século, e só será superado se a humanidade tiver sucesso no cumprimento dos ODS e além. Sob esse contexto estão inúmeros desafios, necessidades e oportunidades.

Há muito para ser debatido e feito, e a primeira Cúpula Global do Clima, organizada pelo B Lab e seus parceiros internacionais e realizada no ano passado, se propôs justamente a pensar coletivamente sobre isso.

A Cúpula foi uma imersão de três dias nos temas mais relevantes da atualidade no que diz respeito à busca pela justiça climática e o papel do setor privado. Ativistas, pesquisadores e representantes de empresas B debateram questões urgentes, contaram histórias de sucesso e promoveram reflexões necessárias.

Nós reunimos nesse documento uma síntese do que foi debatido na agenda brasileira do evento.

guia de tendências - como criar e executar uma agneda climática

É uma leitura fundamental não somente aos interessados nos debates da Agenda 2030 e nos temas relacionados à urgência climática, mas a todo profissional e empresa que entende que essa não “apenas” é uma luta coletiva dos seres humanos, mas uma necessidade de negócios.

Por que ler o Estudo B #1: Como criar e executar uma agenda climática? 

A 1ª edição da série Estudos B foi pensada para ajudar pessoas e empresas a entenderem as tendências que apontam para um futuro carbono zero. Você vai entender os sinais que evidenciam que o ambiente de negócios está em transformação em razão da emergência climática e seus desmembramentos. 

O Estudo B #1 também traz histórias de empresas que mostram como inovar e criar diferenciais competitivos nesse contexto. Uma leitura para ajudar a construir o futuro de marcas e carreiras.

Estudos B #1 - Como criar e executar uma agenda climática

O que você vai descobrir neste relatório gratuito:

  • As principais movimentações globais e nacionais em torno da agenda climática.
  • Tendências e conceitos relacionados à agenda climática.
  • 8 cases de empresas B que inovam e se fortalecem baseados no impacto socioambiental
  • Os principais desafios da agenda climática brasileira e os setores-chave das causas ambientais no país.
  • Tendências e oportunidades para empresas interessadas em gerar impacto ambiental positivo.
  • As demandas e esperanças das novas gerações em relação ao clima

Baixe agora mesmo!

João Guilherme Brotto

Jornalista e co-fundador de A Economia B. Cursando MBA em Desenvolvimento Sustentável e Economia Circular. Há 12 anos trabalho com comunicação empresarial, marketing de conteúdo e jornalismo de negócios.

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário

Guia para empresas