Notícias B

Conheça as 39 empresas B brasileiras que estão no ranking das melhores para o mundo

40 empresas b brasileiras best for the world 2021

39 empresas B brasileiras fazem parte do Best For The World, um ranking global que reúne as B Corps melhor avaliadas em cinco áreas: Comunidade, Clientes, Meio Ambiente, Governança e Trabalhadores. Descubra quais são

Anualmente, o B Lab, ONG responsável pela certificação das empresas B, divulga uma lista com as melhores empresas para o mundo nas cinco áreas que são analisadas no processo de certificação. 

O Best For The World 2021 considera as empresas certificadas que estão entre as 5% com as melhores notas na B Impact Assessment (BIA), ferramenta que traz o questionário que é o primeiro passo do processo de certificação. Globalmente, 750 empresas fazem parte do grupo das 5%. A BIA investiga a atuação da empresa nas seguintes áreas: Comunidade, Clientes, Meio Ambiente, Governança e Trabalhadores. Cada área gera uma nota específica, e a soma delas forma a pontuação total da empresa interessada em se certificar.

Com o objetivo de trazer referências de organizações preocupadas em ser melhores para o mundo, reunimos abaixo as 39 empresas B brasileiras que entraram no ranking deste ano. 

A lista não é segmentada pelo setor de atuação das empresas, mas pelo porte das organizações. Em nota, o B Lab diz que “essas organizações provam que competir não só para ser a melhor do mundo, mas a melhor para o mundo, é uma estratégia vencedora e elas podem liderar o caminho enquanto mais empresas aderem ao movimento que está transformando a economia global para beneficiar todas as pessoas, comunidades e o planeta”. 

→ Se você não está familiarizado com as empresas B, recomendo que comece por aqui.

As melhores empresas B brasileiras no quesito “Comunidade”

Best for the World – ComunidadeAs empresas que se destacam nesse tópico entendem que é preciso contribuir para o bem-estar socioeconômico das comunidades em que atuam. Isso inclui, por exemplo, ações de diversidade, equidade e inclusão, o impacto econômico na região em que a empresa está inserida, a relação com fornecedores e doações e filantropia.

A nota é calculada a partir de 28 perguntas, abaixo estão algumas delas: 

  1. Quais grupos sub-representados descrevem melhor a diversidade na participação societária e na liderança da organização?
  2. Em quantas vezes a remuneração mais alta da empresa, incluindo bonificações, supera a remuneração mais baixa paga a um funcionário em tempo integral?
  3. Sua empresa possui políticas ou programas para promover a diversidade em sua cadeia de abastecimento?
  4. Que percentual das despesas da sua empresa (excetuando as despesas trabalhistas) foi gasto com fornecedores independentes locais, ou seja, próximos da sede da empresa ou de instalações relevantes?
  5. Quais medidas a sua empresa toma em relação a doações ou investimentos voltados para a comunidade?

Empresas brasileiras melhor avaliadas no quesito Comunidade

Ao clicar no nome das empresas você será direcionado para a página delas no diretório das empresas B, onde poderá ver mais informações sobre cada uma.

10/49 funcionários

50/249 funcionários

Leia também:

Diversidade e Inclusão nas empresas – uma jornada de transformação necessária e urgente

As melhores empresas B brasileiras no quesito “Clientes”

Best for the World – ClientesA área de impacto Clientes avalia o valor que a empresa gera para seus clientes diretos e para os consumidores e usuários de seus produtos ou serviços, abordando tópicos como marketing ético e positivo, garantias de produtos e serviços, garantia de qualidade de produtos e serviços, privacidade e segurança de dados e outros.

A nota é calculada a partir de 11 perguntas, abaixo estão algumas delas: 

  1. Algum dos produtos/serviços da sua empresa aborda problemas sociais ou econômicos dos consumidores e/ou de seus beneficiários?
  2. Seus consumidores ou os beneficiários dos seus clientes enfrentam diretamente o problema social ou econômico abordado pelo seu produto/serviço?
  3. Como poderia descrever os resultados indiretos positivos que seu produto/serviço promove para os clientes?
  4. O produto ou serviço da sua empresa beneficia a populações carentes, seja diretamente ou apoiando organizações que prestam serviços a essas populações?
  5. Como a sua empresa gerencia o impacto e o valor criado para os clientes ou consumidores?

Empresas brasileiras melhor avaliadas no quesito Clientes

0 funcionários 

1/9 funcionários 

10/49 funcionários

Leia também:

Comunicação com propósito e marketing transformador

As melhores empresas B brasileiras no quesito “Meio Ambiente”

Best for the World – Meio AmbienteSeção que avalia a gestão ambiental da empresa como um todo. Empresas que se destacam aqui são agentes ativas na preservação e regeneração ambiental. Estamos falando de empresas que têm produtos/serviços direcionados para responder à emergência climática, mas não somente. 

Toda empresa pode ter uma agenda climática própria, independente do setor em que atua. Entre os itens analisados pela BIA estão o uso de energias renováveis, a preocupação com o descarte de resíduos, se há processos, políticas e treinamentos de conscientização e se há um controle das emissões de carbono.

A nota é calculada a partir de 13 perguntas, abaixo estão algumas delas: 

  1. Os processos ou produtos/serviços da sua empresa estão estruturados para recuperar ou preservar o meio ambiente?
  2. De que maneira a sua empresa fomenta boas práticas de gestão ambiental na administração dos escritórios virtuais por parte dos funcionários?
  3. Que porcentagem da energia utilizada pela empresa é gerada a partir de fontes renováveis?
  4. De que maneira a empresa gerencia suas emissões de GEE, pelo menos as do Escopo 1 e 2?
  5. De que maneira a sua empresa monitora e administra a sua produção de resíduos?

Empresas brasileiras melhor avaliadas no quesito Meio Ambiente

0 funcionários

1/9 funcionários

10/49 funcionários

50/249 funcionários

Leia também:

O caminho da Movida para ser carbono neutro até 2030
O que é rotulagem climática e por que sua empresa deve se preocupar com isso
Como pequenas empresas podem ajudar a combater a crise climática

As melhores empresas B brasileiras no quesito “Governança”

Empresas B brasileiras Melhores para o mundo – GovernançaEssas empresas são referência quando o assunto é ética, transparência, prestação de contas e coerência entre promessa e entrega da missão empresarial.

Estamos falando das melhores práticas de engajamento de stakeholders, do acesso de funcionários a informações financeiras, do acesso de clientes a canais de feedback e reclamação e da diversidade na gestão . 

As empresas que são referência aqui têm em comum o alinhamento do propósito e missão transformados em realidade porque há uma cultura pensada para que isso ocorra. 

A nota é calculada a partir de 20 perguntas, abaixo estão algumas delas: 

  1. De que maneira a sua empresa integra o desempenho socioambiental na tomada de decisões?
  2. Existem indicadores-chave de desempenho (KPIs) e métricas que sua empresa monitore pelo menos anualmente para determinar se está atingindo seus objetivos sociais ou ambientais?
  3. De que maneira a sua empresa apoia a gestão interna e a boa governança?
  4. Quais informações são divulgadas pela empresa de forma pública e transparente?
  5. Além da declaração de missão, quais medidas legais a sua empresa tomou para garantir que seu desempenho social ou ambiental seja levado em consideração de forma contínua no processo de tomada de decisões, independentemente de quem detenha participação societária sobre ela?

Empresas brasileiras melhor avaliadas no quesito Governança

1/9 funcionários 

10/49 funcionários

50/249 funcionários

As melhores empresas B brasileiras no quesito “Trabalhadores”

Melhores empresas B brasileiras – TrabalhadoresAs melhores empresas para seus funcionários são as que entendem que sua responsabilidade vai além de remunerar as pessoas de forma justa pelas horas que dedicam à organização. 

Em comum, as que lideram o ranking têm políticas robustas de engajamento e retenção de talentos. Estamos falando de salários dignos, jornadas flexíveis, benefícios ligados ao bem estar profissional financeiro, físico e mental das pessoas, etc.

A nota é calculada a partir de 37 perguntas, abaixo estão algumas delas: 

  1. Que porcentagem dos funcionários da empresa (considerando a equivalência a funcionários em tempo integral) recebe, no mínimo, um valor considerado como salário digno para uma pessoa?
  2. Quais oportunidades de capacitação sua empresa oferece aos trabalhadores para seu desenvolvimento profissional?
  3. Excetuando os fundadores e executivos da empresa, que porcentagem dos funcionários em tempo integral e em meio período recebeu uma bonificação monetária no último ano fiscal?
  4. Quais políticas relacionadas à licença parental para cuidadores secundários estão disponíveis para os trabalhadores da empresa, seja por meio da própria empresa ou através de um programa do governo?
  5. Quais benefícios complementares são fornecidos pela empresa para a maioria dos trabalhadores em cargos não gerenciais?

Empresas brasileiras melhor avaliadas no quesito Trabalhadores

1/9 funcionários

10/49 funcionários

Vale lembrar que o acesso à BIA é gratuito. Ou seja, qualquer empresa pode responder o questionário e entender sua situação atual no que diz respeito ao que faz uma empresa ser melhor para o planeta e, também, compreender quais são os movimentos necessários para obter a certificação. O preenchimento do questionário, por si só, oferece um diagnóstico e autoanálise. 

A empresa B brasileira que se destacou em duas áreas

Talvez você não tenha percebido, mas há uma empresa B brasileira presente em duas categorias: funcionários e meio ambiente. Estamos falando da YouGreen, uma cooperativa de catadores que possui uma gestão democrática, em que todos os cooperados são donos do negócio.

“Todos não só podem, como devem participar de reuniões e da tomada de decisões importantes da empresa”, contou Érika Raísa Duarte, especialista em documentação técnica da YouGreen.

“Em nosso processo seletivo para novos cooperados, damos a preferência de trabalho para aquelas pessoas que teriam menos chance de conseguir emprego no mercado, como egressos do sistema penitenciário, refugiados, mulheres.

O nosso modelo de negócio é voltado tanto para as pessoas, como para o meio ambiente. Acreditamos e baseamos o nosso negócio na tríade da sustentabilidade (econômico, ambiental e social). Através da nossa prestação de serviço, buscamos colocar nossos clientes em conformidade com a lei.

Com a gestão de resíduos, oferecemos as melhores opções no viés ambiental e econômico para o descarte, colocando de volta na cadeia de suprimentos, materiais recicláveis que antes seriam destinados para aterro, gerando renda e trabalho seguro e digno para os catadores”, detalhou.

Best for the world 2021: Resultado completo

Leia também:

FAMA Investimentos: a empresa B que subverte as premissas do mercado financeiro
Tony’s Chocolonely: A empresa que nasceu para acabar com a escravidão na indústria do chocolate

Quer receber conteúdo sobre ESG, Agenda 2030 e negócios de impacto em seu e-mail?
Assine nossa curadoria de histórias, tendências, dicas e ferramentas pensada para a sua jornada B pessoal e/ou empresarial

João Guilherme Brotto

Jornalista e co-fundador de A Economia B. Cursando MBA em Desenvolvimento Sustentável e Economia Circular. Há 12 anos trabalho com comunicação empresarial, marketing de conteúdo e jornalismo de negócios.

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário