Universo B

6 negócios de impacto que apoiam a comunidade negra

6 negócios de impacto que apoiam a comunidade negra

Conheça 6 negócios de impacto que contribuem para a melhoria da qualidade de vida da população negra e que ajudam a empoderar negros no Brasil

Em meu último artigo, levantei informações que comprovam que o racismo não só ainda é muito forte no Brasil, como continua prejudicando pessoas negras nas mais diversas esferas da vida, e apresentei quatro empresas com posicionamentos e iniciativas antirracistas. Mas, mais do que isso, destaquei que combater o preconceito racial é uma missão de todos.

Uma de nossas tarefas aqui no A Economia B nessa missão é compartilhar histórias inspiradoras que o ajudem a identificar formas de fazer a sua parte. Neste sentido, depois de falarmos sobre maneiras de promover a diversidade racial dentro das organizações, destacamos negócios de impacto que nasceram com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população negra. 

As empresas que apresentamos a seguir promovem serviços e vendem produtos com foco em gerar oportunidades para as pessoas negras e promover a cultura afrodescendente. Além disso, oferecem soluções pensadas especificamente para as necessidades desse público.

Acompanhe!

Vale do dendê

Negócios de impacto que apoiam a comunidade negra – Vale do Dendê

Com o tema “nosso silício é o dendê”, a organização baiana Vale do Dendê é uma holding social destinada a fomentar ecossistemas de inovação e criatividade com foco em diversidade. Atuando especialmente no fomento ao ecossistema de Salvador (BA), o grupo desenvolve ações em três pilares:

  • Investimento em negócios de impacto social e econômico por meio da Aceleradora Vale do Dendê;
  • Formação de talentos criativos por meio da Vale do Dendê Academy;
  • Prestação de serviços para órgãos públicos e privados por meio de uma consultoria de estratégia.

Movimento Black Money

Negócios sociais que apoiam a comunidade negra – Black Money

O Movimento Black Money tem o objetivo de estimular o desenvolvimento do afroempreendedorismo jovem. Com foco em comunicação, educação e mídias, a organização produz conteúdos nas áreas de inovação, tecnologia e finanças, além de ofertar cursos de curta duração nas áreas de marketing, gestão e tecnologia.

Além disso, o movimento promove o Start Black Up, uma série de eventos para empreendedores negros que tem o objetivo de juntar talentos, formar network e incentivar a conexão com investidores que auxiliem a ignição de novos empreendimentos.

PretaHub

PretaHub

O PretaHub é um grupo de criatividade, inventividade e tendências pretas. Essa iniciativa nasceu a partir de 18 anos de atividades do Instituto Feira Preta no trabalho de mapeamento, capacitação técnica e criativa e aceleração do empreendedorismo negro no Brasil.

A plataforma apoia o desenvolvimento de afroempreendimentos por meio de diversas frentes de atuação:

  • Feira Preta: maior festival de cultura negra da América Latina. Apresenta conteúdos, produtos e serviços que representam a criatividade preta em diferentes segmentos.
  • AfroLab: programa que oferece apoio aos empreendedores negros. Auxilia desde a idealização e origem do negócio até o escoamento final dos produtos e serviços desenvolvidos.
  • Festival Pretas Potências: evento que tem uma programação pensada para lançar luz às figuras que resistiram e continuam resistindo para o fortalecimento da coletividade negra.
  • Conversando a gente se aprende: projeto de diálogos com instituições privadas e públicas para sensibilizar e promover a cultura da diversidade racial dentro das organizações.
  • AfroHub: programa de aceleração de empreendimentos negros com foco na capacitação dos empreendedores, ajudando-os a usar a internet para alavancar seus negócios.
  • ÉdiTodos: fundo social que é utilizado no fortalecimento e na ampliação de programas que já estão rodando e apresentam resultados exitosos.

Clube da Preta

Negócios sociais – Clube da Preta

Este é um clube de assinaturas de moda que reúne produtos dos segmentos de vestuário, artes e acessórios feitos por afroempreendedoras(es) e pensados para a comunidade negra.

Mensalmente, os assinantes do Clube da Preta recebem uma caixa com produtos exclusivos do universo cultural afro que são customizados de acordo com as preferências de cada cliente. Além de fomentar a cultura negra, a plataforma trabalha com nano e microempreendedores que geram impacto positivo em comunidades de baixa renda. 

Conta Black

Conta Black

Quando o empreendedor Sérgio All teve um pedido de crédito negado – sem nenhuma explicação –, ele decidiu criar seu próprio banco, voltado para pessoas como ele: negras e/ou de baixa renda.

Assim nasceu o Conta Black, um banco digital e um meio de pagamento e recebimento que atende a uma faixa da população que está desbancarizada. A empresa atua também na educação financeira do público para oferecer acesso a crédito.

EmpregueAfro

EmpregueAfro

EmpregueAfro é uma consultoria de Recursos Humanos focada na diversidade étnica e racial. A missão da empresa é promover a inclusão de profissionais afrodescendentes no mercado de trabalho, proporcionando oportunidade e ascensão para o profissional, além de lucratividade e visibilidade social para as empresas e negócios que valorizam a diversidade étnico-racial.

A empresa realiza treinamentos, recrutamento e seleção de profissionais negros e também ajuda organizações a estabelecerem diretrizes para a promoção da diversidade racial.

Saiba mais!

E você, o que tem feito para contribuir com a luta antirracista?

Esperamos que esses exemplos de iniciativas antirracistas e de apoio a pessoas negras o inspirem a se engajar nessa causa – seja individualmente ou por meio de ações coordenadas na empresa em que você trabalha. Essa é uma luta de todos! 

Aceita uma sugestão de ação rápida e fácil para colocar em prática? Assuma o compromisso de ser antirracista participando da campanha “Seja Antirracista!”, idealizada pelo Sistema B Brasil e pelo Instituto Identidades do Brasil. Para isso, basta clicar aqui. A gente já assinou! 😉

  • Você conhece outros negócios de impacto que atuam para melhorar a qualidade de vida da população negra?
  • Tem indicação de outras empresas que estão agindo efetivamente para combater o racismo no ambiente corporativo?

Compartilhe com a gente deixando um comentário abaixo! Sua indicação nos ajuda a valorizar ainda mais iniciativas que ajudam a diminuir a desigualdade racial no Brasil e no mundo.

Imagens: Divulgação; Photo by Aarón Blanco Tejedor on Unsplash; Envato Elements

Francine Pereira

Jornalista, especializada em criação de conteúdo digital. Há mais de 10 anos escrevo sobre tendências de consumo, inovação, tecnologia, empreendedorismo, marketing e vendas. Minha missão aqui no A Economia B é contar histórias de empresas que estão ajudando a transformar o mundo em um lugar mais justo, igualitário e sustentável.

Comentar

Clique aqui para publicar um comentário